Supermarketing30/9/2010

Que pescoço!

* Por Francisco Alberto Madia de Souza, diretor-presidente do MadiaMundoMarketing

"

"Só o rosto é indecente. Do pescoço para baixo, podia-se andar nu" - Nelson Rodrigues

 

Com exceção do Modigliani, nunca se deu muita bola para o pescoço. Um coadjuvante inexpressivo. O máximo que se falava é que só servia para segurar ou suportar a cabeça. E assim caminhava a humanidade não fosse a revista Pediatrics publicar o resultado de uma pesquisa realizada com mais de mil crianças adolescentes nos EUA. Agora o pescoço sai do fundo do palco e ocupa toda a cena. Isso mesmo, o pescoço.

Conforme apurou a pesquisa, não existe uma maneira melhor e mais precisa de se prever o risco de obesidade, apneia de sono e hipertensão, tanto em crianças como em adultos, também, do que a medida do pescoço! Muito melhor do que o até ontem consagrado Índice de Massa Corporal (IMC), assim como das medidas da cintura e do quadril.

Todos, por um instante, se lembraram saudosos dos camiseiros. Isso mesmo, aqueles profissionais – ainda existem alguns pelas cidades – hábeis na confecção de camisas sob medida que, num determinado momento, passavam a fita métrica em torno do pescoço e sapecavam “40”, “41”, “42”...

O que concluiu a pesquisa? 1 – Que um perímetro do pescoço acima de determinadas medidas indica com mais precisão a presença de gordura visceral; 2 – A medida sinaliza também, com maior precisão, o risco de doenças relacionadas à obesidade, tais como a apneia do sono, diabetes e hipertensão; 3 – Não requer prática, nem habilidade, nem a constrangedora tirada de roupas e postar-se nu diante do médico. É só sacar a fita métrica e tirar a medida; 4 – Resultados mais confiáveis ainda nos idosos, que, muitas vezes, postam-se curvados, por problemas de vértebra e, com isso, aumentam o IMC.

Assim é a vida. Até outro dia IMC era o rei. Em 8 de julho de 2010 foi deposto. Existe uma nova medida no mundo que presta os mesmos serviços que o IMC de uma forma melhor, mais lúdica, mais prática, mais confiável.

Isso posto, da mesma maneira como acontece com dezenas de produtos todos os anos, adeus IMC! E viva o pescoço, nosso mais importante sinalizador de saúde.

Ah, você está curioso para saber como anda seu pescoço. Então confira, nos meninos, 6 anos – 28,5cm; 8-29; 10-32; 12-32,5; 14-36; 16-38; 18-39. Nas meninas, 6-27; 8-27,9; 10-30,5; 12-31,1; 14-32; 16-33,4; 18-34,6; E nos adultos, o limite é 41cm! Acima dos 4cm, probabilidade alta de problemas.

Que seios! Que bunda! E que pescoço!!!

 

"

PRÊMIOS

EVENTOS

COPYRIGHT 2014 Revista Marketing - Todos os Direitos Reservados


Trentin Digital